Jornal Cidade - Uruaçu-GO
COLUNAS
AGENDA POLÍTICA
SOCIAL
RELIGIÃO
SABOR DA LEITURA
SAÚDE DO CORAÇÃO
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPECIAIS
IMAGEM...
ACONTECIMENTOS
ESTREVISTAS
ARTIGOS
URUAÇU - HISTÓRIA
SERVIÇOS
FALE CONOSCO
SEJA ASSINANTE
SEJA ANUNCIANTE
INFORMES
EVENTOS
NOSSO JORNAL
EXPEDIENTE
WEBMAIL

 

 

 
RELIGIÃO
PADRE CRÉSIO RODRIGUES
10-10-2017 08:10:19
Reinauguração do ginásio... Precisamos de ‘recordes’

Dia destes foi reinaugurado em Uruaçu o ginásio de esporte no setor Aeroporto... Muitos estamos contentes com isso por conta da otimização no uso de uma obra que estava abandonada, em uma região de muitas crianças, porém, carente de espaços para o entretenimento. Infelizmente o Brasil deve ser o recordista em obras abandonadas, não acabadas, sucateadas e dinheiro público desperdiçado, como ocorreu na última Copa do Mundo.

Não há dúvida de que o esporte, em suas variadas modalidades, tem revelado talentos admiráveis, pessoas com grande capacidade de superação e de criatividade, que dão verdadeiros shows e batem recordes surpreendentes. Neste ginásio, reinaugurado em nossa região, certamente alguns vão bater um bolão de dar brilho nos olhos de quem assiste.

Enquanto sociedade, nós estamos precisando atingir recordes também. Não de desnutrição e, sim de alimentação sustentável, não de queimadas e depredação do meio ambiente, mas de proteção às pouquíssimas árvores que restam, não no consumo desordenado e depredador, mas na limpeza e ordem dos espaços públicos. Precisamos de record não no analfabetismo mas, em um sistema educacional que realmente eduque o ser humano para a vida em sociedade e dê suporte para seu desenvolvimento vocacional. Não queremos recordes em consumo de álcool e de drogas, nosso anseio é por recordes em pequenos projetos que entusiasmem e ocupem nossos jovens. Não precisamos de recorde em quantidade de buracos nas ruas e postes sem luz, mas de estradas seguras e ruas iluminadas. Basta do recorde de crianças abandonadas e famílias subalimentadas, devemos bater um bolão no apoio às nossas crianças com projetos, como do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Ali se acolhe e estimula a meninada para a arte circense, o teatro, a música, e uma alimentação de qualidade. Não queremos recordes de mulheres violentadas e minorias discriminadas ou excluídas de seus direitos humanos, mas, record na proteção da dignidade das pessoas, como tentam fazer órgãos públicos, como o Centro Especializado de Atendimento às Mulheres (CEAM), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Conselho Tutelar, os escoteiros e muitas entidades jurídicas, educativas e religiosas em nossa cidade. Não queremos record de aliciadores de menores para o uso e tráfico de entorpecentes, mas programas, como o Diga Sim a Vida, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), a Chácara Terapêutica Vida Nova e outros.

Desejamos muitos recordes nas coisas boas. Para chegar lá, vamos treinando em pequenos gestos que, no conjunto, fazem a diferença. Há pessoas boas dando sua contribuição para uma sociedade melhor, no silêncio e sem projeção de fama. Como são inúmeros os esportistas comuns, que não são destaques nas páginas dos jornais e nos comentários televisivos... No entanto, eles são fundamentais no conjunto de suas equipes e dão sustentação aos craques. Os esportistas são membros do grande corpo social, assim como os que atuam na educação, na produção cultural, na religião, na economia, na política, etc. Seja qual for a área de atuação, os indivíduos estão a serviço do corpo social e igualmente, o corpo serve a cada membro. Tente marcar um record que faz bem aos outros caro leitor. Não basta vivermos juntos, todos ganharemos se aprendermos a conviver melhor uns com os outros, como parceiros na caminhada da vida.

Precisamos bater um bolão em gestos de humanidade, de respeito e civilidade, de justiça e de honestidade... Palavra tão desmoralizada em nossos dias. Na verdade, quem se exercita na direção desses recordes... Será recordado! Vamos juntos; Deus está conosco e nos quer unidos, orientados por Jesus e dependentes do mesmo Espírito que faz dos membros um só corpo (1Cor 12,12). 

PADRE CRÉSIO RODRIGUES é o Consultor Canônico da Diocese de Uruaçu desde 2012, atual pároco da Paróquia São José Operário em Uruaçu, e Juiz Adjunto do Tribunal Eclesiástico de Brasília. Contatos: cresio@hotmail.com e cresiors@gmail.com

Histórico
  » 10-10-2017 08:10:19 - Reinauguração do ginásio... Precisamos de ‘recordes’
  » 09-10-2017 23:10:37 - '1º Baile da Melhor Idade'
  » 07-12-2016 09:12:01 - Ano Mariano
  » 23-04-2016 11:04:01 - Carta aberta à população de Uruaçu e da região
  » 08-10-2015 18:10:30 - Novena
  » 01-10-2015 11:10:11 - De Nazaré e Alemanha ao Recanto da Serra
  » 16-09-2015 18:09:55 - Reflexões bíblicas
  » 31-08-2015 22:08:56 - Reflexões bíblicas
  » 16-08-2015 21:08:07 - Reflexões bíblicas
  » 29-07-2015 18:07:37 - “Solidariedade em Ação”
veja o histórico completo
  Untitled Document
Enquete

Ferrovia Norte-Sul: Uruaçu terá Porto Seco?

   Sim
    Não

    Votar

    Parcial

Consulta entre 1º e 31 de maio/2018
Google
Google